Concerto “Hinos e marchas para D. Maria II de Portugal”

Concerto “Hinos e marchas para D. Maria II de Portugal”

Hinos e Marchas para D. Maria II de Portugal, com Pedro Santos (Acordeão) e João Pedro Silva (Saxofone)

PROGRAMA

– Polka “La Belle Colette”-Obra composta para a Armada Real da Rainha D. Maria II em 1838 (Executada pela Banda Armada Real no Passeio Público de Lisboa).

– “Hino do Minho”-Angelo Frondoni/ Paulo Midori-1846-Este hino celebra a famosa “Maria de Fonte” e o seu movimento revolucionário

– Hymno Patriotico- Manuel Inocêncio dos Santos

– Novo Hymno – L.A.R.-Dedicado ao Batalhão de Voluntários da Carta, oferecido à Rainha D. Maria II – 1838

– Deutche Lust Walzer-op 127- Johann Strauss. Esta valsa de Strauss, integrava o vasto elenco de valsas e polkas, que eram tocadas nos famosos bailes de Inverno, organizados pela Rainha D. Maria II  no Palácio de Belém, de 1839/51.

– “Hymno de Dona Maria II Rainha de Portugal”-música de J. P. Sant-Iago publicado em Plymouth em Setembro de 1828 e oferecido a D. Maria II.Também conhecido como o “Hino dos Emigrantes Portugueses”

-“Hino Patriótico”-Marcos Portugal-1808

 “La Speranza o sia l`Augurio Felice” (1808) o hino com que termina esta obra foi até 1826 o Hino Nacional. Esta obra foi dedicada ao príncipe regente D. João VI, avô da Rainha D. Maria II. Este hino tornou-se uma referência patriótica durante todo o periodo liberal. Marcos Portugal foi professor de música e piano  no palácio de S. Cristovão no Rio de Janeiro( Brasil),  do Rei D. Pedro IV e mais tarde princesa Maria da Glória, futura Rainha D. Maria II.

– Hymno à Restauração da Carta Constitucional – José Nunes da Costa Jimenes.

– Damen Souvenir- Polka op.236 – Johann Strauss-(1804/1849)- . Esta Polka de Strauss, integrava o vasto elenco de valsas e polkas, que eram tocadas nos famosos bailes de Inverno, organizados pela Rainha D. Maria II  no Palácio de Belém, de 1839/51.

-Marcha Fúnebre à Memória de Sua Magestade a Rainha D. Maria II de Portugal-Composta por Mademoiselle F. L. Casella-1853-Lisboa.

– “A pomba e a Saudade” – Melodia composta em memória da Rainha D. Maria II-Poesia de J. Romanov e música de F. A. Pinto

– Hino de D. Pedro IV, ou “Da Carta Constitucional”. Composto pelo Rei D. Pedro IV de Portugal também D. Pedro I Imperador do Brasil em Maio de 1826. Dedicado à sua filha Maria da Glória, Rainha D. Maria II de Portugal, homenageando a Carta Constitucional outorgada pelo monarca. Tornou-se o Hino Nacional de Portugal de 1834 a 1910.

O espectáculo terá início às 21 horas, na Capela do Paço Ducal de Vila Viçosa.

Entrada livre.